Translate

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

.Finito.


O vento sopra calmo,
Enquanto o céu  iluminado cega...
O mundo e a eterna roca de fiar que não se desapega...

Em minha nova pele,
Meu novo ser....
Meus  habituais desejos... meu  vulcão à flor da pele !
e o mundo  pode renasce em mim....dia por dia, e me faz florescer ...

Dessa misteriosa boca minha...
Lasciva, traço meu destino, rasgando papeis, apontando linhas...
E com convicção me deixo levar...
Por entre as pessoas do mundo, fingindo completo bem-estar !

Minha nova pele,
Meu novo convite para deleite  matinal,
E tu, tinges meu corpo em  chamas...Transcendental ...

Na bruma de minha  percepção,
Esse corpo em chamas se estingue...
se faz frágil, como um vidro que a pedra atinge !

Dessa misteriosa boca minha... Te  faço  voluptuoso...
E  afago seu  longo cabelo volumoso...
E nessa concepção, me faço  escorregadio,
  te faço canção... E te dissolvo, sagaz  erva-daninha...

...E  por entre essa líquida visão,
Me marco em ti, nessa  insana lucidez...
Nessa sinestesia....eu me  afogo em compaixão...
e as silhuetas  se conectam com maciez!

Dessa misteriosa boca minha...
 Liberto o pássaro preso em minhas vísceras,
Carimbo nosso nome em coisas corriqueiras...
Eu  vago....

Eu viajo nessa misteriosa boca minha .




Foto por : Taiane Ferreira  ♥



Nenhum comentário:

Postar um comentário